Ryan Reynolds defende pausa na carreira: 'Quero que meus filhos tenham uma programação bastante normal'

Ryan Reynolds preferiu pausar a carreira como ator em 2021

Redação Publicado em 08/12/2021, às 15h05

None
Ryan Reynolds (Foto: Theo Wargo/Getty Images)

O ator Ryan Reynolds, o icônico Deadpool das telonas, decidiu fazer uma pausa na carreira em uma espécie de "ano sabático" ao longo de 2021. Em uma entrevista com o editor do LinkedIn News, Jessi Hempel, via Marie Claire, o astro explicou o motivo e voltou a defender a própria decisão. 

Na entrevista em vídeo, publicada na segunda, 6 de dezembro, Reynolds refletiu sobre como já atuou "muito," e explicou ser "extremamente apaixonado" pela agência de criação Maximum Effort, cofundada por ele em 2018. No entanto, "o mais importante para mim agora é que não quero perder esse momento com meus filhos," pontua. 

+++ LEIA MAIS: Ryan Reynolds: 5 filmes icônicos do ator de Deadpool, Free Guy e mais [LISTA]

Ao lado da esposa Blake Lively, o astro tem três filhas James, 6, Inez, 5 e Betty, 2.  Especialmente por conta das meninas, o ator descreve que "foi o momento perfeito" para se afastar da carreira cinematográfica ao longo de um ano, afirmando que gostaria de dar uma vida "normal" às filhas. 

"Quando estou gravando um filme, muitas vezes estou na Europa, estou fora, há horas incrivelmente longas, é uma espécie de necessidade constante de estar lá o tempo todo - não apenas porque estou me apresentando ou gravando, mas geralmente também estou produzindo e escrevendo em meus filmes. Então, estou permitindo me imediatamente, é o momento perfeito. Não apenas para a minha família, mas para mim," afirmou o ator. 

+++ LEIA MAIS: Alerta Vermelho: sinopse, teaser e tudo que sabemos sobre filme da Netflix com Gal Gadot, Dwayne Johnson e Ryan Reynolds [LISTA]

Ainda, Reynolds comentou sobre como gostaria de levar a vida como um "ser humano normal." O astro disse: "Quero que meus filhos tenham uma programação bastante normal. Por muitos anos, quando minha esposa Blake fazia um filme, eu não trabalhava e vice-versa. Então, nós meio que trocávamos. Nunca trabalhamos ao mesmo tempo. Mas sempre estávamos fora. Para as crianças, é difícil."