Scarlett Johansson usa valores de Viúva Negra para educar a filha

A Viúva Negra de Scarlett Johansson teve uma trajetória de muita evolução no MCU, e se tornou uma personagem de muita compaixão, segundo a atriz

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 12/07/2021, às 17h46

None
Scarlett Johansson como Viúva Negra (Foto: Marvel / Divulgação)

Viúva Negra, novo filme do Universo Cinematográfico Marvel, chegou aos cinemas e ao Premier Access do Disney+ na última sexta, 9 de julho. O longa mostra a evolução de Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), quem cresceu e mudou muito desde sua estreia no MCU, há 11 anos. Segundo a atriz, a personagem é um grande exemplo para crianças ao redor do mundo.

Romanoff tem um passado de assassina profissional, e não se encaixa no perfil comum de super-heroína ou modelo para jovens, mas sua trajetória nos filmes da Marvel mostram qualidades admiráveis da protagonista. Em entrevista ao Fatherly para promover Viúva Negra, Johansson ressaltou como uma das melhores características da personagem é como "não tem medo de admitir quando está errada, toma responsabilidade."

+++LEIA MAIS: 8 referências fora do MCU em Viúva Negra: 007 - Aventura no Espaço, tatuagens do Guardião Vermelho e mais [LISTA]

Para a atriz, a habilidade de Romanoff de ser acessível e cuidadosa com outros é fascinante, e jovens podem aprender com essas ações. "Está aceitando seu passado de forma atenciosa e cuidadosa. Tem muito respeito pelas outras pessoas, muita integridade como pessoa. Acho que isso a torna um ótimo modelo para as crianças e, certamente, para jovens mulheres," disse Johansson.

A Viúva Negra tem muita compaixão no novo filme, mas não foi sempre assim. Desde a estreia da personagem em Homem de Ferro 2 (2010), passou por momentos difíceis e muitas perdas, além de precisar lidar com os traumas do próprio passado. "Vocês viram vislumbres disso, desenvolveu-se com o tempo. [...] A paixão é o que move as tomadas de decisão dela. Também é pragmática e prática, mas essas características não precisam ser opostas, necessariamente. Essa parte dela é a mais comovente," disse Johansson ao Collider.

+++LEIA MAIS: 7 Easter eggs de Viúva Negra: Uniforme branco de Natasha Romanoff, golpes de Treinador e mais [LISTA]

A atriz tenta utilizar todas as melhores qualidades da heroína para influenciar sua filha, Rose Dorothy Dauriac, de sete anos. Especialmente, o fato de Romanoff perceber os danos que causou e a dor dos outros, e dizer: vejo como está sofrendo. "É um grande passo e algo que tento ensinar à minha filha. É complicado, claro, quando são crianças, mas ela tem muita compaixão."

As informações são do Cheat Sheet.

+++LEIA MAIS: Como foi o último dia de Scarlett Johansson no set de Viúva Negra?

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Black Widow (@black.widow)

 


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL