Shang-Chi: Por que Tony Leung evitava papéis de pai?

Tony Leung explicou não queria atuar como homens parecidos com o próprio pai

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 02/09/2021, às 11h50

None
Tony Leung em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis (Foto: Reprodução/Disney)

Tony Leung Chiu‑Wai, ator de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis (2021), revelou o motivo de evitar papéis de pais nos longas de Hollywood. Responsável por Wenwu (também conhecido como Mandarim), o personagem é pai do protagonista, interpretado por Simu Liu, e principal vilão da trama.

A premissa do filme do Universo Cinematográfico Marvel (MCU) revela como Shang-Chi passou anos se escondendo do pai criminoso. No entanto, quando o passado do protagonista o chama, w deve enfrentar tudo o que deixou para trás com intuito de traçar um novo caminho e destino.

+++LEIA MAIS: Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis apresenta o primeiro herói asiático do MCU com incríveis cenas de luta e personagens cativantes [REVIEW]

Wenwu é uma versão atualizada do Mandarim dos quadrinhos da Marvel. Para evitar os estereótipos prejudiciais dos quadrinhos antigos, o diretor, Destin Daniel Cretton, e equipe tomaram a decisão de mudar o pai de Shang-Chi de Fu Manchu para Wenwu, descrito por alguns críticos como um dos melhores vilões do MCU.

Em perfil da GQ, Tony Leung falou sobre a relutância em assumir papéis de pai. O trabalho em Shang-Chi é um afastamento notável dos personagens habituais, porque o ator sempre evita histórias sobre pais fracassados. "Alguém realmente se aproximou de mim para fazer o papel de um pai fracassado," afirmou. "Mas rejeitei porque não quero ser lembrado como meu pai me tratou."

+++LEIA MAIS: Shang-Chi: Como cenas pós-créditos abrem possibilidades para o MCU?

Em outro momento da matéria, o ator revelou como o pai dele o abandonou com a mãe quando tinha apenas sete anos.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!