Tenet: Qual foi o prejuízo da Warner com filme de Christopher Nolan?

Tenet, de Christopher Nolan, estreou em cinemas brasileiros durante a pandemia de covid-19 e não desempenhou tão bem nas bilheterias

Redação Publicado em 15/09/2021, às 18h13

None
Robert Pattinson e John David Washington em cena de Tenet (Foto: Reprodução / Youtube)

Roteirizado e dirigido por Christopher Nolan, Tenet (2020) estreou em cinemas brasileiros em 29 de outubro de 2020, com atores como John David Washington, Robert Pattinson e Michael Caine no elenco. De acordo com um relatório da Variety e como noticiado pelo Screen Rant, a Warner Bros. teve um prejuízo de pelo menos US$ 50 milhões com o lançamento do filme.

O ano de 2020 não foi fácil para a indústria cinematográfica. Tenet, por exemplo, teve o lançamento postergado três vezes antes da estreia em cinemas selecionados no Reino Unido em agosto, e nos Estados Unidos em setembro. Nolan argumentou a favor da exibição exclusiva nos cinemas, apesar da pandemia de covid-19, ao invés de sair somente no serviço de streamingHBO Max. O filme acabou faturando US$ 363 milhões, contra um orçamento de US$ 200 milhões — números que trouxeram prejuízo para a produtora.

+++LEIA MAIS: Robert Pattinson não pediu dicas sobre Batman para Christopher Nolan nas filmagens de Tenet

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by TENET (@tenetfilm)

 

Quando a Warner Bros. anunciou a ideia de um lançamento simultâneo nos cinemas e na plataforma, Nolan não mediu palavras, e se mostrou ofendido com a decisão do estúdio de não contar a nenhum dos cineastas antes. Além disso, chamou HBO Max de "o pior serviço de streaming." O cineasta, quem trabalhou em parceria com a produtora durante 20 anos, oficialmente saiu da Warner após o filme de 2020, de acordo com o Collider.

A discussão entre Christopher Nolan e a Warner Bros. também dividiu o público, com alguns defendendo a exibição nos cinemas para não trazer mais prejuízos à indústria e outros criticando o cineasta por colocar pessoas em risco durante a pandemia de covid-19 para a qual, naquele momento, não tinha vacinas disponíveis. Quando o filme chegou às salas de cinema, as bilheterias refletiram a crise e a situação da época, e não renderam tanto dinheiro para o estúdio. 

+++LEIA MAIS: Quentin Tarantino ficou confuso com Tenet: 'Preciso assistir de novo'

Relatórios anteriores diziam que o filme poderia custar até US$ 100 milhões em prejuízo para o estúdio, mas, de acordo com executivos, o valor não passará de US$ 50 milhões. Um ano após o lançamento, o número oficial não foi revelado pela Warner Bros. Atualmente, Tenet foi disponibilizado no serviço de streamingHBO Max.