Velozes e Furiosos: Diretor fala sobre futuro da franquia - e cita presença marcante de Paul Walker

Justin Lin revelou detalhes sobre o capítulo final dessa história, além de relembrar a importância de Paul Walker para futuro da franquia

Redação Publicado em 21/09/2021, às 15h23

None
Velozes e Furiosos 5 (Foto: Reprodução/ Universal Studios)

Diretor de Velozes e Furiosos, Justin Lin revelou que costumava brincar sobre as longínquas sequências da franquia com Paul Walker - e falou sobre como a presença marcante do ator deve ser lembrada até o último filme. 

Inicialmente, em entrevista exclusiva ao Screen Rant, Lin refletiu sobre a importância dos personagens no mais recente longa-metragem: "É interessante porque sinto como se Velozes e Furiosos 9fosse sobre se conectar muito com todos esses personagens e também introduzir novos personagens que existiram esse tempo todo como Jakob, mas também trazer Han de volta," detalhou.

+++ LEIA MAIS: Por que elenco de Velozes e Furiosos estava apreensivo para trabalhar com John Cena?

O próximo passo para a franquia é, de fato, uma conclusão. Há mais dois filmes planejados para a série principal e, posteriormente, a saga original deve ser finalizada. Os detalhes do enredo ainda estão sendo mantidos em sigilo, mas promete trazer um fim emocionante.

"Havia muitas coisas que estávamos tentando fazer e foi divertido poder trabalhar nisso e dar vida a isso. Mas de certa forma, Velozes e Furiosos 10, os próximos dois capítulos têm uma rota diferente. E tudo começou por volta de 2008," contou Lin

+++ LEIA MAIS: Por que Vin Diesel decidiu encerrar Velozes e Furiosos no 11º filme?

O diretor relembrou o começo da história dele com a franquia: "Lembro-me quando conheci Paul [Walker] e Vin [Diesel] quando estávamos fazendo Velozes e Furiosos 4. Nós apenas começamos a falar que se fôssemos sortudos o suficiente um dia, faríamos um capítulo final. Você pode perguntar a Vin. Sei como Paul e eu, eu nunca pensei que fosse real. Achei que fosse apenas uma conversa teórica."

"E nós conversamos sobre: 'E como seria Velozes e Furiosos 68?' E às vezes [eu e Paul] brincávamos [...] E quando Vin fala sobre o último capítulo da saga, eu volto para aquelas conversas que começaram em 2008. Acho que Brian vive, mas o mais importante para mim, Paul vive por causa dessas conversas. E acho que todos os dias estou trabalhando nisso, estou tentando fazer justiça a isso," finalizou Lin.

+++LEIA MAIS: Velozes e Furiosos: por que Dwayne Johnson não se encaixa mais na história?