Viúva Negra: Scarlett Johansson pediu valor vultoso para Disney antes de entrar com processo; entenda

Scarlett Johansson tentou negociar com a Disney antes do processo pelo lançamento simultâneo de Viúva Negra nos cinemas e no streaming

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 09/09/2021, às 16h50

None
Scarlett Johansson no Oscar 2020 (Foto: Amy Sussman/Getty Images)

Scarlett Johansson pediu US$ 100 milhões a Disney antes de entrar com processo pelo lançamento simultâneo de Viúva Negra (2021) no streaming e nos cinemas. De acordo com relatório do The Wall Street Journal, atriz tentou negociar esse valor "com base no que receberia em uma bilheteria global hipotética de US$ 1,2 bilhão." (via Screen Rant)

A quantia seria além do salário original de US$ 20 milhões de Johansson e era estimada nos lucros dos filmes anteriores do MCU. No entanto, a Disney não aceitou a proposta da atriz, quem entrou em disputa judicial com o estúdio, alegando não receber parte dos lucros do Disney+ e que o lançamento duplo de Viúva Negra não estava previsto no contrato com a Marvel.

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra: Natasha Romanoff quase teve outro final no filme; conheça

A decisão do lançamento duplo aconteceu por conta da covid-19, pois os cinemas estavam fechados ou com capacidade limitada. De acordo com WST, a medida da Disney pode custar um prejuízo de US$ 50 milhões para a atriz.

Atualmente, o filme arrecadou US$ 372 milhões em bilheteria no mundo - valor que quando adicionado os lucros do Disney+ chegou perto de US$ 500 milhões. Segundo a denúncia, desde 2019, os representantes da atriz buscavam garantias de que Viúva Negra seria lançado exclusivamente nos cinemas e o Conselheiro-Chefe da Marvel, Dave Galluzzi, confirmou a proposta inicial.

+++ LEIA MAIS: 5 spin-offs de Viúva Negra que adoraríamos ver: passado do Guardião Vermelho, treinamento de Yelena e mais [LISTA]

Apesar disso, CEO da Disney, Bob Chapek negou as acusações de Johansson e defendeu o lançamento duplo do filme: "Bob Iger e eu, junto a equipe de distribuição, determinamos que essa era a estratégia certa para nos permitir alcançar o público mais amplo possível." Chapek também afirmou que ninguém foi prejudicado: "Descobrimos maneiras de compensar de forma justa nosso talento para que, independentemente do modelo de negócios... Todos se sintam satisfeitos."

A Disney não revelou quanto Johansson recebeu de bônus e nem o quanto ela perdeu, mas o faturamento de Viúva Negra estava distante de outros sucessos do MCU. No entanto, é evidente como a atriz tinha altas expectativas para o desempenho do filme. Atualmente, o processo está em andamento, mas mesmo se ela perder o caso, foi o suficiente para ganhar o apoio de outras estrelas de Hollywood ao desafiar um dos maiores estúdios do mundo.

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra foi um grande furo da Marvel: bilheteria em queda, adiamentos e Disney+ estão entre os problemas

Viúva Negra

Viúva Negrafoi o primeiro filme solo de Natasha Romanoff no MCU, após a morte da personagem em Vingadores: Ultimato (2019). Ambientado depois de Capitão América: Guerra Civil (2016), Natasha agora precisa revisitar o passado para enfrentar um velho inimigo. Com direção de Cate Shortland, Viúva Negra conta com Scarlett Johansson, Florence Pugh, David Harbour e Rachel Weisz. Filme está disponível no Disney+.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Black Widow (@black.widow)