Will Smith revela que ficou doente após relações sexuais excessivas; entenda

O ator Will Smith relembra a vida sexual agitada - e revela que chegou a desenvolver uma "reação psicossomática"

Redação Publicado em 24/11/2021, às 10h15

None
Will Smith (Foto: Jason Merritt/Getty Images)

O ator Will Smith lançou uma autobiografia, intitulada Will, mais cedo neste mês. Na obra, o astro apresenta uma série de detalhes sobre as experiências pessoais e artísticas, incluindo a vida sexual agitada nos anos iniciais da carreira, via E-Pipoca.

Em entrevista ao The Independent para divulgar o livro, o astro relembrou que chegou a ser viciado em sexo uma época da vida - e explicou que, devido à quantidade de atividades sexuais, desenvolveu sintomas psicossomáticos por conta dos orgasmos. Com isso, o ator engasgava ou vomitava após ter relações sexuais. 

+++LEIA MAIS: King Richard - Criando Campeãs: Estreia, trailer e tudo que sabemos sobre filme com Will Smith [LISTA]

Segundo disse o astro, isso aconteceu por consequência de um fim de um relacionamento. Na época, as traições da então ex-namorada foi muito prejudicial para ele, que acabou desenvolvendo alguns vícios. 

"Recorri aos 'remédios homeopáticos', compras e relações sexuais excessivas. Nos meses seguintes, fui totalmente transformado em uma 'hiena do gueto'. Eu fiz sexo com muitas mulheres, e isso era tão desagradável para o núcleo do meu ser que eu desenvolvi uma reação psicossomática ao ter um orgasmo," revelou Smith.

+++LEIA MAIS: Will Smith considerou matar o próprio pai; entenda

Anteriormente, o astro havia detalhado as relações sexuais com a esposa Jada Pinkett Smith, com que tem um relacionamento desde 1997, explicando que os dois mantinham relações por mais de uma vez ao dia. "Comecei a me perguntar se isso era uma competição. De qualquer maneira, no que me dizia respeito, havia apenas duas possibilidades: eu iria satisfazer essa mulher sexualmente ou eu morreria tentando," contou.