Como nos velhos tempos

Em parceria com o The Roots, Al Green grava seu melhor disco em décadas

Alan Light Publicado em 09/06/2008, às 16h56

RAÍZES DO SOUL Green (à esquerda) e Thompson gravam em Nova York

Em uma visita à sua gravadora em 2005, Ahmir "?uestlove" Thompson, baterista do Roots, levou para casa um disco de Loretta Lynn lançado em 2004, Van Lear Rose, fruto de uma colaboração entre a cantora e Jack White, do White Stripes. "Não consegui parar de ouvir", Thompson diz. "Pensei, 'Por que isso não acontece no lado negro da música?'"

Um dia, um executivo da Blue Note Records perguntou a Thompson se ele tinha interesse em produzir Al Green, que procurava alguém na comunidade hip-hop para uma parceria.

O primeiro encontro da dupla, em 2005, nos estúdios Electric Lady (Nova York), terminou em uma noite épica, que lançou as bases do esplêndido Lay It Down (ainda inédito no Brasil). "Sempre que alguém estava fazendo outra coisa, eu virava de costas e compunha outra música", explica Al Green, 62 anos. "No final daquela noite, já tínhamos oito. Eu nunca havia tido uma experiência como aquela, nunca!"

Você lê esta matéria na íntegra na edição 21 da Rolling Stone Brasil, junho/2008