KT Tunstall

Cinco minutos de conversa franca com a roqueira escocesa

Por José Julio do Espírito Santo Publicado em 09/06/2008, às 17h53 - Atualizado em 18/06/2008, às 12h03

KT Tunstall faz três shows no Brasil em outubro; saiba mais aqui

Paixão pelos quadrinhos

O encarte do novo álbum, Drastic Fantastic, é como uma antiga HQ. "Sempre gostei de ler histórias em quadrinhos. Meu irmão gostava muito do Asterix. Então, também lia. Recentemente, mergulhei de cabeça nos trabalhos de quadrinistas como Frank Miller. E de histórias dos X-Men e do Batman."

A escola folk

"Os primeiros músicos que conheci foram de uma turma extraordinária de folk music que morava em uma cidade em que estudei, St Andrews, na Escócia. É o Fence Collective. Todos eles eram mais velhos do que eu. Tinha 16 anos e começava a compor canções. O líder do coletivo hoje é conhecido como King Creosote."

Wee Bastard, pedal amigo de palco e estúdio

Com a ajuda de um pedal seqüenciador, KT compôs "Black Horse and the Cherry Tree", seu primeiro grande sucesso. "Também o uso em algumas outras músicas. Wee Bastard é bem simples. Aperto um botão e ele grava um trecho. Daí ele fica repetindo o trecho enquanto coloco outros trechos em cima. É bem fácil, mas também é bem fácil de eu errar. Coloco a culpa no pedal." Daí o nome de "Pequeno Bastardo".

O passado hippie

"Quando fui para os Estados Unidos, me apaixonei por um hippie. Fui morar com ele e a sogra em um bosque em Vermont. Eles construíram a própria casa. Ainda me identifico com esse estilo de vida que não se resume em possuir coisas, fama e dinheiro."

A melhor parte do sucesso

Quatro milhões de discos vendidos em três anos, mas KT diz ter muito que aprender. "Conheci meus artistas prediletos - Elton John, Jack White, Beck& Foi legal. Quando estou em turnê, tenho a chance de ver bandas tocando nos festivais e saber como fazem o que fazem."

KT ou Kate?

KT Tunstall sai do sério quando a confundem com a cantora britânica Katie Melua. "Essa história de KT começou quando estudava na London University. Foi bom abreviar para KT. Evita confusões."