Indies de Carteirinha

Trio Twinpine(s) traça caminhos para o novo rock alternativo

Márcio Cruz Publicado em 07/08/2008, às 16h50 - Atualizado em 08/08/2008, às 14h07

Jozzu

Somos da Seattle de São Paulo", brincam os membros do Twinpine(s) sobre o Horto Florestal, bairro paulistano onde a banda se formou. Mick (guitarra e voz, 22 anos), Renato (idem, 33) e Magoo (bateria, 33) começaram a tocar juntos sem pretensões. "A gente dizia, 'vamos fazer um som para brincar'. E nessas saiu uma música", fala Mick, primo de Renato.

Niagara Falls é o primeiro registro em CD do trio formado em 2003. Canções como "Rendez-Vous", um colosso distorcivo de seis minutos, e "Big Mouth", são sujas, apuradas e carregam duelos de guitarra marcantes - a banda não tem baixo. "Não é para soar que as músicas não tem baixo, mas sim que ele não faz falta", fala Magoo. Ironicamente, é na acústica "On The Bridge" que se revela o aguçado talento do trio para compor melodias sentimentais. "A nossa diferença para uma banda emo é que nossos relacionamentos nem sempre são infelizes", ironiza o baterista.