Romulo Fróes

Álbum: No Chão sem o Chão Previsão: Outubro de 2008

José Julio do Espírito Santo Publicado em 07/08/2008, às 18h42

A meta pessoal do cantor e compositor Romulo Fróes - lançar um novo álbum a cada dois anos - continua firme. Neste ano, o projeto é ambicioso: No Chão sem o Chão trará dois CDs gravados em momentos diferentes e climas musicais distintos.

Gravada em julho de 2007, Primeira Sessão: Cala Boca Já Morreu é o basta no rótulo de samba triste imposto ao trabalho de Fróes. "Tem solos de guitarra, tem canções menos melodiosas, mais marcadas", ele explica. "As letras começaram a mudar por causa desse negócio. Começaram a ficar menos líricas, mais estranhas." O músico não tem mais o auxílio de sambistas virtuosos: Guilherme Held, na guitarra, Fábio Sá, no baixo (ambos tocam com Lanny Gordin), e Curumim, na bateria, formam o power trio que o acompanha, e ajudam a evidenciar uma faceta escondida da música de Fróes.

Em Segunda Sessão: Saiba Ficar Quieto, gravada em dezembro do mesmo ano, Romulo faz um leve retorno ao samba, com invenção e desapego a purismos. Já em fase de mixagem, o trabalho trará participações especiais, de Thalma de Freitas a Chris Madden, tecladista da banda escocesa King Creosote. "Daria para fazer uma terceira sessão com as canções que fiz sem a banda", revela o cantor. Em 2010 tem mais.