Instituto

Álbum: Ainda sem título Previsão: Segundo semestre de 2008

Por Adriana Alves Publicado em 08/09/2008, às 18h09 - Atualizado em 09/09/2008, às 16h29

O prolífico trio de músicos e produtores do Instituto, Daniel Ganjaman, Tejo Damasceno e Rica Amabis, prepara o sucessor de Coleção Nacional, álbum de estréia do grupo. "O disco está bem menos hip-hop e menos dub que o Coleção, mais canções, mais melodia e mais doideira também", conta Tejo. Para construir as músicas, o trio trabalha por etapas distintas. "O processo de composição tem sido bem parecido com o anterior. Eu e o Tejo levantamos as bases e o Ganja chega somando com instrumentos", diz Rica.

Todas as faixas do primeiro trabalho foram feitas em parceria com outros artistas. Ali estavam Sabotage, BNegão, Z'África Brasil, entre outros. Para o novo disco, o Instituto continua em boa companhia. As participações são muitas, entre elas, Tony Allen, Curumin, Hélio Flanders (Vanguart), Céu, Lanny Gordin, parte da Nação Zumbi, Fernando Catatau, Thalma de Freitas. "Na maior parte dos casos, os convidados chegam para participar da criação. Eles são sempre co-autores das músicas", define Rica.