Go Back

Enquanto prepara novo disco, Titãs revê carreira em documentário

Por Marcus Preto Publicado em 10/11/2008, às 12h14

Em 1987, quando o Titãs corria o país com a turnê do álbum Cabeça Dinossauro, Branco Mello comprou sua primeira câmera de vídeo. Passou a filmar o cotidiano da banda, em hotéis, aeroportos e backstages. A câmera passava de mão em mão, entre os então oito integrantes do grupo, e alguém sempre dizia, olhando para a lente, que eles estavam ali fazendo um documentário. Estavam mesmo. Titãs - A Vida até Parece uma Festa, que estréia em circuito nacional em 16 de janeiro de 2009, é o que resultou da edição de nada menos que 200 horas dessas imagens. A direção vem assinada por Branco, em parceria com Oscar Rodrigues Alves.

"Eu já tinha feito algumas montagens desse material, mas precisava de um olhar externo, que tivesse um distanciamento da nossa história", conta Branco. "É um filme de montagem, a direção seria dada na hora. E dispensamos qualquer tipo de narração convencional, já que as cenas se explicam sozinhas. Em vez de contar a história, a gente decidiu mostrar a história."

Você lê esta matéria na íntegra na edição 26, novembro/2008