Retratos da Vida

Livro lançado nos Estados Unidos revela a vida privada de Kurt Cobain

Por Kevin O'Donnell Tradução: Carlos Messias Publicado em 10/11/2008, às 12h13

Para pesquisar as fotos raras, peças de arte e anotações em diários que compõem o livro Cobain Unseen ("Cobain Não Visto", lançamento da editora norteamericana Little, Brown and Company, ainda sem editora no Brasil), o jornalista Charles R. Cross pôde contar com um acesso sem precedentes aos arquivos do falecido líder do Nirvana. "Foi como um filme de James Bond", diz Cross, se referindo ao bem guardado depósito em Seattle onde se encontra guardado o material. "Mas, uma vez que você ultrapassou a segurança, todas as posses dele estavam apenas jogadas em caixas." Com esses artefatos, armazenados no local após o suicídio de Cobain em 1994, Cross montou uma história visual incrivelmente reveladora sobre sua vida privada - dos desenhos de infância às fotos casuais (tiradas por Courtney Love) de Kurt Cobain e sua fi lha, Frances Bean. "Kurt criou uma obra dotada de tamanho mistério, que ainda podemos capturar sua essência", diz Cross. "É esse aspecto intangível que fez dele uma estrela."