Bidê ou Balde

Por <b>Leonardo Dias Pereira</b> Publicado em 12/12/2008, às 15h13

Os gaúchos do bidê ou balde parecem não ligar muito para a obrigação de lançar regularmente um álbum de inéditas - o último foi É Preciso Dar Vazão aos Sentimentos (2004), sucedido pelo Acústico MTV Bandas Gaúchas (2005). "Os nossos fãs não entendem muito isso, mas eu acho essa expectativa o charme da cultura pop, algo que não existe mais atualmente", diverte-se o vocalista Carlinhos Carneiro. No entanto, o hiato tem os dias contados e vem rodeado de mistérios e novidades. A novidade é a participação de Frank Jorge assinando algumas composições ("Mostramos umas demos antigas gravadas em cassete, e ele pirou"), enquanto o mistério fica por conta do rumo que elas tomaram. E também por uma lógica particular da banda: "Sempre trabalhamos com nomes provisórios. O primeiro foi o 'Projeto Ganância'", brinca Carlinhos. "O segundo, Projeto Alienação, e o terceiro, Projeto Simples. Este, estamos chamando de Projeto Mistério, por termos levado tanto tempo."