Pulse

MONDOMASSARI

Por <b>Fábio Massari</b> Publicado em 08/01/2009, às 19h06

Deerhunter - "Microcastle" (4AD)

Ver Galeria
(2 imagens)

Deerhunter - "Microcastle" (4AD)

Balanço de fim de ano bastante positivo para a lendária etiqueta britânica 4AD. A safra 08 do selo concebido por Ivo Watts-Russell, então funcionário da Beggars Banquet, no final dos 70, garante alguns dos melhores lançamentos discográficos da temporada. A casa que lançou, dentre outros, Bauhaus, Birthday Party, Cocteau Twins e Pixies, continua acertando no cardápio e mantém firme seu apego ao aspecto gráfico dos lançamentos. Continua fácil identificar um 4AD Destaque para Dear Science (TV on the Radio), Fordlândia (Jóhann Jóhannsson), In Ear Park (Department of Eagles) e, principalmente, Microcastle, a estréia do Deerhunter no selo. Nesse terceiro longa, a cultuada banda de Atlanta reapresenta seu "ambient punk" (idéia deles) de forma vigorosa e emocionante. A matriz é a do indie rock mais classudo, as tramas são bem elaboradas e revelam aqui e ali pequenos achados guitarrísticos, e o carismático vocalista Bradford Cox chega junto em pequenas gemas como "Never Stops" e "Nothing Ever Happens".

Brightblack Morning Light - "Motion to Rejoin" (Matador)

Nathan "Nabob" Shineywater e Rachel "Rabob" Hughes saíram do Alabama e montaram a barraca na perdição do norte californiano. Um lance de aproximação com as raízes "indígenas", incremento espiritual para a confecção do freakfolk cósmico por eles proposto - com chancela de qualidade Will Oldham, que os levou para a estrada bem no começo da carreira. Este segundo álbum, em que se destacam os ventos quentes e sedutores do Fender Rhodes de Rabob, deve agradar aos saudosos do Mazzy Star mais viajante, mas tem lá seus momentos de trilha de David Lynch. Podiam gravar um split com os nossos Os The Darma Lóver.