MONDOMASSARI

<b>Por Fábio Massari</b> Publicado em 10/02/2009, às 17h15 - Atualizado às 17h16

David Cronenberg's Wife - Bluebeard's Rooms (Blang)

Ia ser mesmo difícil manter Tom Mayne e sua brigada de nome esquisito naquela abstrata categoria dos "segredos bem guardados" dos palcos alternativos britânicos. Um par de singles e as disputadas apresentações ao vivo já davam conta do crescente culto em torno da banda radicada em Londres. Com a chegada do bombástico debute Bluebeard's Rooms, as coisas devem, deveriam mudar. Na melhor tradição opositora de um Mark Smith ou de um Billy Childish, Tom Mayne destila sua verve narrativa em antifolks alucinados e corpulentos. "I Couldn't Get Off" é como um punk-western do The Fall com vocais do Alan Vega (Suicide). "Runaway Pram" tem a urgência do melhor Clinic. E "My Best Friend's Going Out" é um clássico instantâneo do rock inglês.

Duchess Says - Anthologie des 3 Perchoirs (Alien8 Recordings)

Salve A(nnie)-Claude Deschênes e seus comparsas de Duchess Says. De Montreal, com selo de denominação de origem garantida e controlada Alien8. Arrebatadora estréia em álbum desses vigorosos praticantes de um certo dancepunk autoral. Moogcore de responsa, synthpunk corrosivo. Difícil ficar indiferente. Para amantes de X-Ray Spex, Melt Banana e Le Tigre. Coisa finíssima.

Beta Satan - Girls (Crunchy Frog Records)

Lá no reino da Dinamarca, a novidade é que no momento não tem para ninguém. O abusado quinteto de Aarhus basicamente atropelou a mezzo parca concorrência com o lançamento, no final do ano passado, de Girls, seu longa de estréia. Faixas como "Rave Kenneth", "Party on the Death Star", "666" e "Let's Talk about Sex" fazem valer a autoproclamação de "banda de gênio". São petardos lapidares de novo rock urgente na linha de um Kaiser Chiefs muito fora da linha ou de um híbrido defumado de Arctic Monkeys com Queens of the Stone Age.