Pulse

Negócio da Índia

Consagrada, trilha sonora global-pop de Quem Quer Ser Um Milionário? domina o Oscar

Por Will Hermes Publicado em 11/03/2009, às 16h52

Desbancando astros como Bruce Springsteen, Beyoncé, JackWhite e Alicia Keys, a música exibida no filme Quem Quer Ser um Milionário? , de Danny Boyle, obteve três indicações no prêmio Oscar - uma por Melhor Trilha e duas na categoria de Melhor Canção: a incrível "Jai Ho" e "O... Saya,"uma faixa tribal/techno comum verso da rapper M.I.A. Venceu em duas (Trilha e "JaiHo"). A trilha, aliás, se tornou um sucesso improvável- antes mesmo da premiação, havia vendido mais de 100 mil cópias na loja do iTunes, só nos Estados Unidos.

A mente por trás da mistura caleidoscópica de pop híndi clássico, rap feliz, batidas e baladas New Age é A.R. Rahman, 43 anos, o mais importante compositor moderno da indústria de cinema da Índia- a "Bollywood". "Enquanto trabalhava no filme na Índia, comecei a ouvir as coisas dele e achei tudo incrível", o diretor Boyle explica. "Eles o chamam de 'o Mozart de Madras'". Responsável pela trilha de uma centena de filmes, Rahman já vendeu mais de 100 milhões de discos e pode ser considerado um astro pop global. "Minha mãe sempre tocava as músicas dele. Fez parte da minha criação", diz M.I.A., cuja faixa " Paper Planes" também aparece na trilha sonora do filme.

Você lê esta entrevista na íntegra na edição 30, março/2009