Pulse

MONDOMASSARI

<B>Por Fábio Massari</b> Publicado em 14/04/2009, às 16h11

Frank Zappa - Joe's Menage (VAULTernative Records)

Vi meus dois Zappa no Hammersmith Odeon de Londres, em 84. Cada concerto aberto por clássicos muito recorrentes na intensa carreira "live" do músico de Baltimore: Chunga's Revenge e Zoot Allures. Os dois adorados temas que encerram Joe's Menage, numeração oficial 84, o quarto da série "Corsaga", que vasculha os preciosos arquivos zappianos em busca de registros especiais, que exibam diferenciais artísticos e técnicos de relevância transcendente. Nessa oportunidade, Zappa se exibe no College of William & Mary, Virgínia, em novembro de 75. A formação é curiosa, combinando míticos como o baterista impossível Terry Bozzio com os pouco lembrados Andre Lewis (teclados) e Norma Jean Bell (sax), que canta em "Chunga's Revenge"! Vale lembrar que é 75, período de alegria para os amantes do Zappa mais guitarrístico. "Ladies & Gentlemen, I'll now play a rhythm guitar solo" Vem mais por aí.

Lower Heaven - Ashes (Independente)

São tempos agitados na interzona do novo rock psicodélico e os californianos do Lower Heaven (nome tirado de uma letra do Echo & the Bunnymen) chegam para marcar território. Com produção de Rob Campanella (Brian Jonestown Massacre) e mixagem de Rick Parker (Black Rebel Motorcycle Club), Ashes é uma estreia inspirada. Ainda que ásperas, rasgadas em sua execução, as dez protobaladas ácidas (45 minutos) propostas pelo quarteto do guitarrista/tecladista/vocalista Marcos Chloka acusam filiação com uma abstrata falange de bandas britânicas de inflexão psych e pegada pós-punk, musculosa, tipo Chameleons, Lucy Show, the Soundsem contar os já citados Bunnymen e Jesus & Mary Chain. Em faixas como "Wave", "Ashes" e "Rain", o Lower Heaven acerta a mão na articulação, na harmonia de contagiantes vibrações de apelo pop com as divagações mais exploradoras e viajantes. A baixista Christina Park é zestaque, ataca com charme e segurança, e o guitarrista Thomas Danbury é cúmplice de Chloka no trato de algumas das tramas de guitarra mais legais dessa estranha praça.