Zé Rodrix 1947-2009

Por Toninho Spessoto Publicado em 12/06/2009, às 16h34

Um dos mais criativos compositores brasileiros, o carioca Zé Rodrix, morto em 22 de maio aos 61 anos, foi também jornalista, produtor musical, publicitário e escritor. José Rodrigues Trindade nasceu em 25 de novembro de 1947. Começou a carreira em meados dos anos 60 no grupo vocal Momento4uatro com Maurício Maestro, David Tygel e Ricardo Vilas. Depois integrou o Som Imaginário com, entre outros, Wagner Tiso. Em 1971 formou, ao lado de Luiz Carlos Sá e Guttemberg Guarabyra, o Sá, Rodrix & Guarabyra, criador do gênero batizado como rock rural. Com o fi m do trio enveredou por bem sucedida carreira solo. Em 1983 foi para o Joelho de Porco. Em 2001, Sá, Rodrix & Guarabyra se reagruparam. Rodrix deixou um disco inédito com o trio. Gravou ao todo 13 álbuns (sendo seis solo). Entre suas canções mais conhecidas estão "Casa no Campo" (eternizada por Elis Regina) e "Soy Latino-Americano". Escreveu a Trilogia do Templo, em que dissecava a história da Maçonaria. Estava preparando um CD e DVD solo e escrevendo novo livro, este sobre os Maçons no Brasil. Rodrix morreu em São Paulo, no Hospital das Clínicas, de infarto agudo do miocárdio.