Paramore

Por Matt Diehl Publicado em 06/08/2009, às 17h36

Paramore

Álbum Brand New Eyes

Previsto para 29 de setembro

"Aquele é o ampli que usaram para fazer Dookie!", diz o guitarrista e compositor principal do Paramore, Josh Farro, 21, apontando um Marshall pendurado na sala de controle do estúdio que o produtor Rob Cavallo tem em sua casa, no alto de uma colina com vista para Los Angeles. A vocalista Hayley Williams, 20, acrescenta: "Nós usamos o mesmo violão que o Green Day usou para compor 'Time of My Life'. Rolou uma química ali!

" Os pop punks de Franklin, Tennessee - que ganharam disco de platina com seu segundo álbum, Riot!, de 2007 - sentiram forte pressão para evoluir musicalmente em seu terceiro álbum, a inda s em título. " Nós estávamos com medo de nunca mais termos uma música como 'Misery Business' [hit de Riot!]", diz Williams. Farro acrescenta: "Riot! foi um álbum moleque, mas tivemos que fazer aquilo pra chegar aqui.

Depois de passar um mês em seu próprio espaço musical, no Tennessee, aperfeiçoando o material novo escrito na estrada ao longo do ano passado, o Paramore começou a gravar com Cavallo em março, com apenas cinco semanas para terminar o disco antes de cair na estrada com o No Doubt.

De acordo com Cavallo, a velocidade de gravação não afetou a qualidade. "O álbum detona total, e a inda assim é muito suave", ele diz. " Tem grandes composições - muito mais sofisticadas do que você imagina." Realmente, músicas como "Brick by Boring Brick" adicionam à mistura inesperadas sonoridades à l a Smashing Pumpkins, enquanto "Playing God" tem uma ponte poderosa que mostra a influência do Arcade Fire. "Exception" é uma balada suave à la Radiohead.