Pulse

RÁPIDAS COM... Eric Clapton

Aos 64 anos, o guitarrista fala sobre parceiros e o futuro próximo

Por Brian Hiatt Publicado em 30/09/2009, às 10h31

DIVULGAÇÃO

Outros instrumentos

"Houve uma época em que achei que poderia tocar teclado ou bateria, mas só porque estava imitando Steve Winwood. Na verdade, para fazer esse tipo de coisa você precisa sacrificar certo tempo. E isso é algo que não tenho. Sou apenas um guitarrista e um cantor razoável."

Colaborações recentes

"Acredite ou não, ainda não gravei o que considero meu melhor álbum ou encontrei meu melhor repertório ao vivo. Pode ser que toda a bobagem com as substâncias que usei no passado tenha interrompido meu crescimento - mas até aí eu não seria quem sou hoje se não tivesse passado por tudo aquilo."

Aposentadoria definitiva

"Me aposento no fim de cada turnê. Quando estou na estrada, sofro com a falta de sono e com meu estômago irritadiço. Mas, quando não estou excursionando, a estrada volta a soar como uma ideia mágica."

Futuro próximo

"Quero experimentar um pouco mais com JJ [Cale], compor mais algumas músicas junto. Depois disso provavelmente vou começar outro disco sozinho."

O Cream pós-reunião

"Mantivemos contato. E acho que deixei claro que não acredito que devamos seguir o mesmo caminho de novo. Mas nunca digo nunca. A gente nunca sabe, não é? Mas creio que fomos o mais longe que podíamos com isso."

Steve Winwood no Cream

"Não era uma ideia tão favorável na cabeça dos outros dois caras. Eles gostavam do jeito que era [um trio]. Se fosse acontecer, teríamos de começar uma nova banda, com um nome novo."

O novo blues-rock do White Stripes e do Black Keys

"Acho ok, mas você saberia do que gosto vendo o meu iPod, e esse tipo de coisa não está lá. Já os vi, respeito e não tenho nada contra, mas não me empolga."