Pulse

Quero Ser Oscar Wilde

Enquanto o Strokes não volta, o vocalista Julian Casablancas canta sozinho

Por Austin Scaggs Publicado em 09/10/2009, às 09h43

Julian Casablancas descansa do Strokes com disco solo
COLIN LANE

Álbum Phrazes for the Young

Previsto para Este ano

" A gente estaria em turnê até hoje, e estavam rolando alguns problemas", diz o vocalista do Strokes, Julian Casablancas, sobre o hiato de três anos da banda. "Não foi nada de mais - só precisávamos de um tempo." Desde então, o guitarrista Albert Hammond Jr. lançou dois álbuns solo, o baixista Nikolai Fraiture fez um, e o baterista Fabrizio Moretti cofundou o Little Joy. Agora, Casablancas tem Phrazes for the Young, que mistura seus inconfundíveis vocais secos sobre instrumentos mais evidentes - baterias eletrônicas, sintetizadores e violinos - do que jamais se ouviu num disco do Strokes. "Pôr novos instrumentos no Strokes seria como adicionar personagens a um seriado de TV", ele diz. "Com este CD, eu quis fazer de tudo."

O engenheiro de som Jason Lader e o multi-instrumentista do Bright Eyes Mike Mogis ajudaram Casablancas com seu plano. "Out of the Blue", faixa que se destaca, é uma pesada canção de amor. O músico conta que a inspiração (e o nome do álbum) vieram de Phrases and Philosophies for the Use of the Young (em tradução livre, frases e filosofias para uso da juventude), de Oscar Wilde. "Essa coisa do Wilde é uma tiração de sarro com a superficialidade dos humanos - eu estava compondo mais sobre arrogância e visão limitada."

Quanto ao Strokes, a banda tem "um contêiner" de músicas, uma lista de produtores e um prazo até março para o quarto disco, segundo Casablancas. Enquanto isso, o vocalista está botando os últimos ajustes em Phrazes for the Young e articulando uma turnê com uma banda que contará com o guitarrista do Strokes Nick Valensi. "Os caras da banda parecem estar bastante empolgados por mim", diz Casablancas. "Até agora, tudo certo. Que continue assim."