Pulse

VIDA POP

O Que Você Está Fazendo Agora?

Por Miguel Sokol Publicado em 09/10/2009, às 09h40

Uma simples página do Twitter pode revelar as coisas mais obscuras sobre o seu dono

Ser ou não ser? Eis a questão, finalmente respondida: já era. O que todo mundo quer saber agora é o que você está fazendo. Quando meu perspicaz amigo Bubba veio com essa, meu queixo caiu e ele prontamente deduziu que eu não passava de um farsante que desconhecia o novo ouro da babilônia - o Twitter. Como alguém pode dar pitaco na vida (pop) alheia sem saber "o que eles estão fazendo?" Uma vergonha! É no Twitter que as coisas acontecem. A verdade agora se resume em 140 toques, disse. Retruquei, indignado, que o melhor momento para investir em uma nova tecnologia sem perder dinheiro é nunca. Eu só não comprei um videocassete porque, no ano que vem, deve ficar mais barato ainda. Entre me estapear ou dizer que o Twitter é de graça, Bubba ficou com a segunda opção e me mostrou tudo o que eu estava perdendo.

Como eu existi esse tempo todo sem saber que a cantora Demi Lovato terminou seu namoro com o irmão da Miley Cyrus pelo Twitter? Como?!? Como eu não acompanhei a educativa briga entre Marcelo Tas e Luciano Huck para saber qual deles é o internauta menos oportunista? O careca que tem a página patrocinada ou o narigudo que oferece brindes para quem segui-lo? Como eu não sabia que o John Mayer, aquele guitarrista tão necessário quanto baba de quiabo em conserva, tem a estranha habilidade de twittar e mijar ao mesmo tempo? Mais impressionante ainda, sem olhar para o mictório ou para o celular. Pois é, veja que maravilha de post o dele: "Fazendo xixi num banheiro de casa noturna, mas não sem olhar no espelho e dizer para mim mesmo 'ei, você está ótimo'".

Maravilhado com esse universo inteiramente novo de pura pertinência, eu decidi topar a parada, vamos cair pra dentro. Topo. Por que não? E uma vez no Twitter eu descobri que, além de ser o piloto mais amolado do Brasil, o Rubens Barrichello também costuma perder uns acentos pelo caminho. De duas uma: ou ele escreve mais rápido do que dirige ou a sua Brawn tem um acento no lugar do assento. Já imaginou? Agudo, grave ou circunflexo eu me recuso a imaginar. É impressionante como uma simples página do Twitter pode revelar as coisas mais obscuras sobre o seu dono. Trinta segundos no endereço da Xuxa e eu vislumbrei o péssimo estado em que o teclado dela se encontra, coitada: a tecla "x" gasta e o "caps lock" quebrado. Isso ou a mulher que ama os baixinhos odeia as minúsculas. Alguma outra explicação possível para ela só escrever em caixa alta?

Talvez nada disso o surpreenda, mas não esqueça que para quem aprendeu a programar a secretária eletrônica ontem, #followfriday e #musicmonday hoje são grandes mistérios da vida, tão assustadores quanto ser. Ou não ser.

Se interessar, @miguelsokol (mas já vou avisando que não tem brinde para você e muito menos patrocínio para mim).