N°37 - Primavera

Por M. L. Publicado em 18/12/2009, às 19h51

O soulman rumo ao sucesso
PAULO SALOMÃO / CONTEÚDO EXPRESSO

Tim Maia

© Cassiano/Silvio Rochael

Tudo começa numa levada dançante de samba-soul, mas, de repente, olha o breque! Surge a voz de Tim Maia, se derramando pela pessoa amada e dizendo que, faça chuva ou faça sol, estará ao lado dela. Composta por Cassiano e Silvio Rochael, faz parte do compacto que fez Tim Maia cair nas graças de Nelson Motta, Elis Regina... e depois do resto do país, quando repetiu a faixa no seu primeiro álbum de estúdio, homônimo, de 1970, pela Polygram, e saiu de vez do anonimato. Ao vivo, Tim costumava introduzi-la com um "Vamos falar de amor", com aquele tom canastrão que só ele tinha. E, em seus dois minutos e pouco, dialoga com os backing vocals não sobre outra coisa além de sentimento. E pede um tempo a chuva, já que o céu está tão lindo.