N° 39 - Metamorfose Ambulante

Por Cristiano Bastos Publicado em 18/12/2009, às 19h46

Raul Seixas

© Raul Seixas/Paulo Coelho

Originalmente um blues, Raulzito rabiscou a letra dessa canção, de verve existencialista, na parede de sua casa, em Salvador - na década de 1950. Naturalmente, entre dezenas de hits legados pelo compositor, a música - uma das mais fortes do cultuado álbum Krig-Há, Bandolo! - está longe de ser a única pela qual o retado baiano será lembrado até o fim dos tempos.