Devagar e Sempre

Em meio à turnê internacional para divulgar seu álbum mais recente, Céu já pensa em novos projetos

Por Paulo Terron Publicado em 11/01/2010, às 09h50

Thalma de Freitas, Céu e Analis Assumpção, as Negresko Sis
ARIEL MARTINI

Se 2009 foi corrido para céu, o ano que vem promete ser ainda mais. A cantora lançou o elogiado Vagarosa e divulgou o álbum pelo Brasil e Europa, enquanto planta sementes para o futuro - em alguns dos shows mais recentes, levou ao palco o Negresko Sis, um projeto em parceria com Thalma de Freitas e Anelis Assumpção. A estreia do trio aconteceu na faixa "Bubuia", uma das canções de destaque do disco de Céu.

Por enquanto o projeto não deve crescer, apesar de um CD inteiro não estar fora dos planos das garotas. "Ainda não pensamos nisso, mas... Por que não?", sugere Céu, falando do principado de Mônaco, onde realizaria um show. "Quem sabe mais pra frente. Eu adoraria." Já o disco do grupo Sonantes - formado pela cantora com Gui e Rica Amabis, mais Pupillo e Dengue (os dois últimos, integrantes do Nação Zumbi) - também está na fila, pelo menos no Brasil: lançado em 2008 nos Estados Unidos, o álbum continua inédito por aqui. "Nós estamos esperando uma oportunidade bacana aparecer para lançar aqui", ela explica.

Atualmente, o mais concreto dos projetos de Céu é uma participação no disco Imagine Project, composto por parcerias do jazzista Herbie Hancock com músicos como Dave Matthews, Jeff Beck e Ravi Shankar e com lançamento previsto para o primeiro semestre de 2010. "A gravação foi ótima e ele se mostrou extremamente aberto a ideias. Um cara muito simpático e com um coração gigante", ela conta, sobre Hancock. "A princípio ele havia sugerido uma canção do Sting chamada 'Fragile', mas também perguntou se eu gostaria de sugerir algo." A escolha final acabou sendo o afrossamba "Tempo de Amor", já que, segundo explica Céu, "a letra tem muito a ver com a ideia do disco dele e é bem brasileira. Tive que me beliscar algumas vezes durante a sessão para acreditar naquilo."