Despedida Nominal

Simply Red aposenta o nome, mas mantém os mesmos músicos para novos projetos

Por Paulo Cavalcanti Publicado em 11/05/2010, às 06h12

FUTURO Sai o Simply Red, entra Mick Hucknall
Divulgação

Depois do A-ha, mais um grupo dos anos 80 passa pelo Brasil para uma suposta turnê de despedida. Agora é a vez do Simply Red - mas o cantor Mick Hucknall se adianta em dizer que vai aposentar só o nome da banda, mas que continuará trabalhando com os músicos que constituem o grupo. "O nome Simply Red me deu muitas alegrias. Mas chegou um momento em que se tornou uma camisa de força", conta. "Acho que o tipo de som que a banda vem fazendo há 25 anos, soul music com raízes nos anos 70, chegou ao limite em termos criativos. É hora de buscar coisas novas."

Hucknall não tem dúvida sobre como serão os novos projetos. No solo Tribute to Bobby (2008) ele homenageou o bluesman Bobby Blues Bland e deve seguir prestando um tributo às raízes do rock. "Minha intenção é voltar aos anos 50, trazer de volta a música de pioneiros como Gene Vincent e Eddie Cochran.

Também tenho ouvido os primeiros discos dos Rolling Stones, acho que vou fazer algo nessa linha também." Para os shows de despedida, Hucknall promete surpresas. "Não vai ser exatamente na linha de 'grandes sucessos', e sim 'o melhor de'. Fiz uma escolha pessoal de canções de que mais gosto e espero que todos entrem no clima."