Musica Diablo

Por Tiago Santos Vieira Publicado em 18/05/2010, às 15h15

Álbum Musica Diablo

Lançamento 28 de maio

Até se chegar aos 11 petardos compilados na estreia do projeto integrado por Derrick Green (Sepultura), muitas confabulações foram feitas em mesa de bar pelo guitarrista André NM (Nitrominds) e pelo baixista Brigas. "Caímos em uma roleta-russa em que miramos na Pitty, Alex [Krisiun] e acertamos em Derrick", resume NM. O álbum está pronto, as incompatibilidades de agendas foram sanadas e a turnê na Europa marcada. A produção, a cargo de Rafael Ramos, caminha no limiar do thrash metal dos anos 80. As faixas são curtas, com três minutos cada uma, com duelos de solos - a outra guitarra é empunhada por Andre Curci. Pontuando pelas referências, as cerejas foram colocadas nos riffs. Como no abre-alas "Sweet Revenge", seguida por "Sacrifice" e nas reviravoltas de "Lifeless". Sem contar o que já circula na rede: "Live to Buy", "Twisted Hate", "Workout" e "The Rack", que, Segundo NM, "é trilha para um banho de água benta no capeta". E como ficam os projetos titulares nessa história? Green corre a mão pelos dreads e explode em um gargalhar: "Não sei! Depois do Musica Diablo vou montar uma banda de reggae. Mas um tipo de reggae agressivo".