VIDA POP

Três Pontos e Uma Conclusão

Por Miguel Sokol Publicado em 18/05/2010, às 15h17

Ricky: agora totalmente assumido
DIVULGAÇÃO

A repescagem grunge já começou. o soundgarden está ressuscitando. Stone Temple Pilots, Alice in Chains e Smashing Pumpkins já ressurgiram e até a Courtney Love reapareceu. E não é só com um disco do Hole. Courtney é a produtora-executiva do fi lme que vai contar a história do seu falecido marido. Até já surgiu o boato de que ela escalaria o ícone emo Robert Pattinson para o papel de Kurt Cobain, mas nem a viúva loira é tão doida para investir num grunge emo. Já pensou? Mais fora de propósito só um emo feliz.

A REBARBA emo. Lembra daqueles adolescentes tristes de franja lambida e camiseta preta? Aqueles que cantavam letras tão sofridas quanto as das duplas sertanejas, mas disfarçavam com guitarras distorcidas? Então, eles não são mais tristes. Acredite se quiser, os emos se alegraram. O nome do fenômeno é Happy Rock, que vem a ser o que já era ruim, mas um pouco pior. As letras continuam rimadas no infinitivo, mas, em vez de "abandonar" com "chorar", agora eles rimam "sorrir" com "curtir". Uma verdadeira revolução das bandas Restart e Replace. Podia ser Resto e Remendo, Rebote e Refugo, Redundante e Refogado, Recauchutado e Requentado, Repelente e Repulsivo ou Repetitivo e Rentável, mas as bandas se chamam Restart e Replace mesmo. Aliás, o Replace tem esse nome porque, veja bem, quer "substituir pensamentos negativos por positivos". Que refinado! Agora o preto é uma cor proibida de se usar, todos vestem calças verde-limão, camiseta rosa e boné laranja, não necessariamente nessa ordem, mas necessariamente fosforescente. Um verdadeiro Xou da Xuxa rebelde: ídolos se vestindo de Dengue e fãs de Praga. Nunca pensei que fosse dizer isso, mas deu saudade do emo. Pelo menos a camiseta era preta.

A REVELAÇÃO é fantástica: Ricky Martin é gay. Uau! Então quem estendeu a canga com ele numa praia ensolarada do Caribe naquele fl agra de três anos atrás não era o seu professor de ioga, como o cantor garantiu? Puxa vida! Ricky Martin se redimiu e nós ficamos tão chocados com a suposta nova informação sobre a sua sexualidade que, na semana da revelação, a polêmica foi toda do Netinho. O Big Brother Brasil 10, primeiro BBB GLBT, foi um sucesso tão grande que, quando acabou, a Globo quis mais e o Fantástico praticamente arrancou de dentro do armário o cantor de "Milla". Mas confessar uma experiência homossexual não é exatamente sair do armário. Ou seja, agora todo mundo sabe que o Netinho - não - é gay!

RESUMINDO em remate: repescagem, rebarba e essa relativa revelação. Reconheçamos, a realidade é que estamos em ré, em marcha a ré.