A Volta do Veterano

Pioneiro do reggae, Jimmy Cliff diz “ainda ter gás” para fazer um ótimo álbum novo, voltando ao reggae

Por Brian Hiatt Publicado em 23/09/2010, às 12h33

MENSAGEM Cliff está em turnê e prepara disco novo
C. Taylor Crothers

A apresentação de Jimmy Cliff no festivel Bonnaroo - em que o pioneiro do reggae de 62 anos dançava com energia de garoto - foi um dos momentos mais animados do evento norte-americano, ocorrido em junho. Com um novo álbum, que tem lançamento previsto para os próximos meses, a volta de Cliff está apenas no início.

"Muitos artistas que estão no mercado há tanto tempo quanto eu se sentem satisfeitos com o que já fizeram", ele diz. "Eu me sinto feliz pelo que já conquistei, mas ainda tenho muito a f azer, e a inda tenho muito gás para chegar lá." Cliff se desviou bastante do reggae desde experiências, em 1972, na trilha sonora de Balada Sangrenta, q ando enveredou para o funk - mas o novo álbum, gravado com uma banda jamaicana, está mais próximo de suas raízes. Também está cheio de letras políticas - e Cliff tem certeza de que o mundo precisa disso. "A música que se lança hoje não toca em nenhum tipodeconsciência,sófala'vamos nos divertir'", ele diz. "Tudo bem, diversão é uma coisa boa, mas é necessário abordar a consciência. Acho que é essa a diferença que eu trago."