Acesso Ilimitado

A fotografia de Valérie Jodoin Keaton revela os bastidores do pop contemporâneo

Redação Publicado em 21/09/2010, às 23h26

ALBERT HAMMOND JR. - "Foi logo depois de um show solo dele. Ele estava ouvindo Bob Dylan e isso reflete até no resultado da foto. Achei que ele ficou parecido com o Bob."

Ver Galeria
(7 imagens)

Normalmente, músicos não gostam de ser fotografados nos bastidores. Eles não se sentem muito à vontade, já que estão se concentrando para a performance ou estão cansados depois da atuação. Mas é justamente nesse ambiente que a canadense Valérie Jodoin Keaton se sente em casa. Além de fotógrafa, ela também toca - foi tecladista do grupo The Dears no período 2003-07. Com a banda indie de Montreal, Valérie participou de diversos festivais nos Estados Unidos e no Canadá e teve acesso irrestrito a vários artistas, algo que nem sempre é permitido a outros fotógrafos. Ela conta como foi clicar os colegas: "Quando você divide o palco com outros músicos, acaba ganhando a confiança deles. Alguns acabam se tornando amigos, mas outros você só vê uma vez na vida. O importante é que você tem quer ser 'invisível' e nada intrusivo. Assim, consigo esses momentos raros e preciosos de isolamento que existem nos bastidores", fala. O livro Backstages (Varia), ainda inédito no Brasil, traz uma amostra desse trabalho, fruto das andanças pelos festivais. Armada de uma câmera Hasselblad fabricada em 1975 carregada com filme preto e branco, a fotógrafa vai à luta: "Não gosto de nada pensado ou produzido. Mas não acho que faço fotojornalismo. Não sou repórter, meu lance é a arte e o fato de eu também tocar me coloca numa posição privilegiada." Valérie se tornou muito amiga dos Strokes e revela que seu próximo projeto fotográfico vai envolver Julian Casablancas, o cantor da banda nova-iorquina. Mesmo clicando vários companheiros de sucesso, ela não deixou de lado sua paixão em fazer música, e ainda acha tempo para tocar seu novo projeto musical, chamado For Those About to Love, que ela divide com o marido, Martin Pelland.

Veja mais fotos na edição 47, agosto/2010