De Volta ao Rio

Maior festival do Brasil, o Rock in Rio retorna ao calendário nacional em 2011

Por Christina Fuscaldo Publicado em 20/10/2010, às 13h42

BIG BAND Eduardo Paes, prefeito do Rio (ao centro), lançou o Rock in Rio ao lado de dezenas de artistas
Divulgação

O empresário Roberto Medina quase levou pedradas via Twitter após ter declarado, em entrevista, que gostaria de ver Lady Gaga e Shakira na quarta edição brasileira do Rock in Rio, anunciada para setembro de 2011. Na coletiva de imprensa, que reuniu artistas e executivos de gravadoras, o idealizador do evento rebateu as críticas com bom humor, deixando roqueiros ansiosos: "Eu também gostaria de trazer o Iron Maiden, o Radiohead e o Guns N' Roses."

Anunciado anteriormente para 2014, o festival marcará a inauguração do Parque Olímpico Cidade do Rock, que abrigará vários palcos, áreas e tendas entre 23 de setembro e 2 de outubro de 2011 e, posteriormente, será destinado a outros eventos e a receber os atletas escalados para a s Olimpíadas d e 2 016. Com u m investimento d e R $ 40 milhões, a Prefeitura do Rio construirá o espaço de 150 m2 no mesmo local onde aconteceu a última edição do Rock in Rio, em 2001. Em 2004, Medina e sua filha, Roberta, levaram o Rock i n Rio a Lisboa (Portugal), onde já ocorreram quarto edições. Em 2008, aconteceu o Rock in Rio Madri, cujo sucesso se repetiu em 2010. "Serão seis dias de shows com 1 08 atrações", declarou Medina. "Estou com a mesma emoção de 25 anos atrás."

Os palcos continuarão temáticos, divididos por estilos, e há a p revisão de um espaço destinado à moda, atrações de parque de diversão e um palco para novos talentos. Se há dez anos a capacidade era de 250 mil pessoas, no evento de 2011 ela diminuirá p ara 1 20 m il. "Acho que os ingressos vão esgotar antes", especulou Roberto Medina. Os nomes das 108 atrações não foram confirmados, mas com certeza estarão presentes os artistas que emprestaram vozes para a releitura do tema de Rock in Rio, veiculado em um vídeo a os moldes de "We Are the World" - entre eles, Frejat, Ivete Sangalo, Toni Garrido, Rogério Flausino e Dinho Ouro Preto. E 2011, provavelmente, é só o início: o acordo de Medina com a Prefeitura - assinado perante os convidados da coletiva de imprensa - prevê a realização de edições do festival em 2013, 2015 e 2016.