Sonho Realizado

Brian Wilson, eterno Beach Boy, coloca harmonias vocais na música de seu herói, George Gershwin

Por Paulo Cavalcanti Publicado em 20/10/2010, às 14h47

INACABADO Brian Wilson deu uma mão a Gershwin
Divulgação

Ao ser indagado sobre suas influências musicais, Brian Wilson, o ex-líder dos Beach Boys, raramente cita nomes do rock ou do R&B. Ele sempre comenta que suas maiores inspirações foram o grupo vocal The Four Freshman e o célebre compositor George Gershwin, que morreu vitimado por um tumor cerebral em 1938, aos 37 anos. Agora, finalmente, Wilson conseguiu realizar o projeto que sempre sonhou: recriar, a sua maneira, a obra do herói. É o que pode ser ouvido no recém-lançado Brian Wilson Reimagines Gershwin.

"Gershwin ainda é o maior compositor de todos os tempos", afirma Wilson. "Minha mãe me ensinou a ouvir a música dele. Seu trabalho me acompanhou desde a infância. Em meus momentos mais difíceis, bastava ouvir 'Rhapsody in Blue' e eu já ficava mais calmo". No disco, Brian costura harmonias vocais à la Beach Boys em standards criados por George e seu irmão, o letrista Ira, como "Summertime" e "'S Wonderful". O fato curioso foi a inclusão no álbum de canções inacabadas de Gershwin - "The Like in I Love You" e "Nothing but L ove" -, finalizadas pelo eterno beach boy. " Os curadores do espólio de Gershwin me entregaram as canções", conta. "Eles são exigentes. Acho que fiz jus à obra dele."