Em Busca de um Nirvana

Foo Fighters conta com o baixista e o produtor do Nirvana para novo CD

Por Andy Greene Publicado em 13/01/2011, às 16h12

Dave Grohl abriu as portas do estúdio para companheiros de outros tempos

Álbum sem título

Previsto para começo de 2011

Duas décadas depois de trabalharem juntos em Nervermind, Dave Grohl retomou a parceria com o produtor Butch Vig e o baixista Krist Novoselic para gravar o sétimo álbum do Foo Fighters. "Sentar com Butch e Kris em frente aos alto-falantes pela primeira vez em 20 anos foi mais que um momento musical para mim", diz Grohl. "Foi uma experiência que completou um ciclo, embora a intenção não seja reviver o que aconteceu duas décadas atrás. É conseguir a aceitação daquilo."

O projeto começou há mais de um ano, quando Grohl trombou com Vig em uma festa em Los Angeles e perguntou se ele estaria interessado em produzir uma faixa bônus para a coletânea de sucessos do Foo Fighters. "Nos divertimos demais fazendo a faixa", conta o produtor sobre a música "Wheels". "Percebemos que não trabalhávamos juntos desde o Nervermind - e ele disse: 'Bicho, cara, quer fazer nosso próximo álbum?'"

A banda estabeleceu sua base na garagem de Grohl, gravando exclusivamente com equipamento analógico. "Pegamos toda aquela merda de Pro Tools e enfiamos no armário", diz Grohl. "Então tiramos o pó de nossas máquinas de fita de 24 canais e colocamos na minha pequena garagem, onde normalmente guardo minhas motos." Logo no começo, Vig leu uma entrevista em que Grohl dizia querer fazer o álbum mais pesado do Foo Fighters. "Ele voltou do estúdio e disse: 'Isso não é pesado o suficiente!'", conta o músico. "Eu mostrava alguma outra coisa e ele: 'Não, ainda não é pesado o bastante'. E eu pensava: 'Porra!'. Agora estamos trabalhando em 12 músicas que são rock de verdade. Realmente soa como um disco do Foo Fighters."