Sucesso Rápido, mas sem Surpresa

Vampire Weekend analisa sua ascensão veloz, mas não inesperada

Por José Flávio Junior Publicado em 10/01/2011, às 14h30

FÃS DO BRASIL Todos os integrantes do Vampire Weekend gostam de MPB
SOREN SOLKAER STARBIRD

E verdade que o Brasil recebeu uma enxurrada de bons shows em 2010. Mas a banda mais incensada dos últimos três anos deixou para baixar no país só em 2011. No final de janeiro, o Vampire Weekend toca em um festival no Sul do país, em São Paulo e no Rio. São alguns dos últimos shows da turnê do álbum Contra, o segundo da carreira do quarteto nova-iorquino.

Empolgado com a turnê brasileira, o tecladista e e produtor do grupo, Rostam Batmanglij, declara ser fã de Jorge Ben Jor, dos Mutantes e Gilberto Gil - em especial o epônimo disco de 1968, que traz "Pega a Voga, Cabeludo" e "Domingo no Parque".

Você lê esta matéria na íntegra na edição 52, janeiro/2011