Pulse

Revisão dos Anos 90

Rock da era do Pavement e do Dinosaur Jr. inspira os garotos retrô do Yuck

Por Jenny Eliscu Publicado em 17/05/2011, às 10h23

AMOR AO PASSADO (Da esq.) Bloom, Blumberg, Doi e Rogoff, o Yuck
JON BERGMAN

Mal saídos da adolescência, os membros da banda britânica de indie rock Yuck estão mais em sintonia com a música feita quando ainda usavam fraldas: as faixas do álbum de estreia do grupo podiam ser confundidas com lados B perdidos de bandas como Pavement e Yo La Tengo. "Acho que leva uns 20 anos até que as pessoas comecem a se dar conta do quão bom algo era", diz o vocalista e guitarrista Daniel Blumberg, 21.

O guitarrista Max Bloom, 20, teve uma epifania quando ouviu pela primeira vez J. Mascis, do Dinosaur Jr., fazendo sua barulheira de outro mundo. "Alguém botou para tocar You're Living All Over Me, e as coisas ficaram bem mais claras", diz ele. "Mudou o modo como eu tocava, e fiquei obcecado por guitarras barulhentas."

Antes do Yuck, os amigos de infância Blumberg e Bloom faziam parte da Cajun Dance Party. Formada para uma batalha de bandas colegiais, ela conseguiu um contrato com a XL antes mesmo que eles soubessem que tipo de músicas queriam compor. Enquanto gravava o álbum dos rapazes, o produtor e ex-líder do Suede, Bernard Butler, fez Blumberg gostar de After the Gold Rush, de Neil Young. "Foi quando compor se tornou algo essencial no meu dia", diz ele. "Eu ficava compondo em vez de ir para a escola. E Max estava fazendo a mesma coisa."

Bloom e Blumberg se reagruparam para formar o Yuck, recrutando o baterista nativo de Nova Jersey, Jonny Rogoff, e a baixista japonesa Mariko Doi. A banda começou a gravar usando um gravador de oito canais no antigo quarto de Bloom. "Não acho que o álbum teria sido bom feito em um estúdio", explica o músico. "Queríamos deixar o som o mais próximo possível de nossas demos."