VIDAPOP - Só os Metaleiros São Felizes

Por Miguel Sokol Publicado em 17/05/2011, às 10h23

É O QUE É Lips, líder do Anvil
ALEXANDRE CARDOSO/DIVULGAÇÃO

O marido da Sandy passou a lua de mel tuitando, mas agora a cantora quer ser devassa. Como diria em uníssono o Bope do Capitão Nascimento: nunca será! Não enquanto ela explicar a devassidão como "um lado desinibido, desencanado e descontraído que todo mundo tem". Desde quando devassidão é sinônimo de descontração? Que vergonha. O que significará depravação para Sandy? Abrir a geladeira pelada logo depois de um banho quente? A ironia é que, ao mesmo tempo em que a Sandy se revela tão sexy quanto um pinguim de geladeira (cheia de cerveja dentro), a estrela pornô Sasha Grey, a devassa perfeita, acaba de fazer parzinho romântico com o Eminem no novo clipe do rapper.

A santa quer ser devassa enquanto a devassa quer ser santa. Alguém pode me explicar o que diabos está acontecendo? Até o Oscar, a premiação mais tradicional do cinema, quer ser o que não é. Para arrebanhar um público mais jovem, a última edição começou deliberadamente copiando o início de todo MTV Movie Awards, com os apresentadores da noite numa paródia dos filmes indicados. E tem mais, porque se o Oscar quer ser o Movie, o Carnaval brasileiro quer ser o Oscar. Com a presença de atores gringos, só ficou faltando um dueto do Randy Newman com o Buchecha. Será que todo mundo quer ser o que não é? A minha resposta seria sim, não fosse a existência dos metaleiros.

Pense: você já viu algum metaleiro em camarote de carnaval? Já viu algum metaleiro estrelando comercial de cerveja? E um sex symbol metaleiro, já viu? Claro que não. O metal não está na moda, nunca esteve, jamais estará. E é justamente por isso que em show de heavy metal não tem área VIP, porque não há celebridade, todo mundo é igualitariamente metaleiro lá dentro.

Metaleiro é o que é. E graças a esse princípio simples, porém raro, só o metal é capaz de gerar um fenômeno chamado Anvil, a pior banda do mundo, um desastre musical que vem dando errado há mais de 30 anos. Você conhece quantas bandas com mais de três décadas de existência? Tem o Who, os Stones e... o Anvil. É tanta persistência, obstinação e falta de noção, que resolveram documentar: Anvil! The Story of Anvil é o melhor documentário musical que já vi, simplesmente porque conta a história de dois amigos que, com ou sem dinheiro, com ou sem sucesso, com ou sem talento, querem continuar sendo metaleiros.

Em um mundo em que todos querem ser o que não são, eu queria ser metaleiro, porque só os metaleiros usam jaquetas jeans sem manga e fazem air guitar sem vergonha. Só os metaleiros são felizes. De verdade.