Especial Tecnologia - Aqui, Lá ou em Qualquer Lugar

Com a internet, a distância já não é problema para parcerias na música

Por Tiago Agostini Publicado em 11/07/2011, às 12h23 - Atualizado em 07/12/2011, às 15h16

EM REDE Tulipa não se restringe a lugares físicos
IORAN FINGUERMANN

John Lennon e Paul McCartney formaram a mais importante e notável parceria da história do rock. No começo, compunham juntos, um de frente para o outro, no mesmo quarto. Com o tempo os dois passaram a compor suas partes sozinhos, mas ainda assim era necessário se encontrar no estúdio para mostrar o que haviam feito em casa. Fosse hoje, bastaria um e-mail. "Gravei uma participação no disco novo do 3 na Massa nesse esquema", conta a cantora Tulipa Ruiz.

"Pupilo me mandou a base, fiz uma melodia e a gente mandou pro Rodrigo, do Mamelo Sound-system, que fez a letra. Foi só entrar no estúdio e gravar."

Se compor uma música à distância já tem suas vantagens, imagine dirigir uma gravação nos Estados Unidos, a partir de um estúdio no Brasil. É isso o que o produtor Rick Bonadio faz em sua parceria com o músico e produtor Eric Silver, que mora em Nashville. "Antes eu tinha que ir até lá para gravar", diz Bonadio. "Agora eu mando os arranjos, faço uma conferência por Skype ou iChat e posso acompanhar as gravações." O método facilitou e barateou a participação de músicos norte-americanos nos discos gravados pelo produtor. "Os melhores músicos de estúdio dos Estados Unidos estão em Nashville. Tenho eles nos meus discos."