Olho no Passado com Ajuda da Web

Projeto inédito junta colecionadores de raridades para reeditar discos

Paulo Cavalcanti Publicado em 11/07/2011, às 12h37 - Atualizado em 07/12/2011, às 15h14

PARA COLECIONADORES Site vai organizar relançamentos
REPRODUÇÃO

Já faz certo tempo que as gravadoras vêm fechando a torneira em relação a relançamentos, alegando custo alto e interesse limitado na reprodução desses trabalhos. Mas ainda existe um público que, mesmo limitado, não se cansa de consumir esses produtos - especialmente fonogramas que saíram originalmente em vinil há décadas e nunca ganharam o relançamento em formato digital. O selo Discobertas, capitaneado pelo jornalista e pesquisador Marcelo Froes, tornou-se a salvação da lavoura dos colecionadores, disponibilizando cobiçadas raridades e obscuridades.

Muito disso deve vir por meio do projeto Tiragem Especial. A partir de um cadastro no site www.tiragemespecial.com.br, os interessados poderão ter acesso a caprichadas reedições produzidas, a princípio, com exclusividade para eles. São álbuns com pouco apelo comercial para o mercado geral, mas que acharão seu público na venda especializada. "O projeto está na fase de montagem do banco de dados, com pessoas do Brasil inteiro se inscrevendo", explica Froes. "Daí a necessidade de se divulgar para termos um número razoável de adesões. É muito bacana ver que a quantidade de colecionadores de Jovem Guarda, rock dos anos 70 e MPB é bem grande. Mas há interessados em todos os estilos."

O pesquisador reforça que seu trabalho de garimpo é diário: "Temos formalizado parcerias com outros selos e há muita coisa boa para se reeditar, seja com vendas normais do Discobertas em lojas e sites, seja pelo Tiragem Especial". O Discobertas também trabalha em outra frente, os projetos de releituras. O mais recente é Zé Ramalho Canta Beatles. "Esse teria sido o primeiro projeto de intérprete de Zé, esboçado no final de 1999 e no verão de 2000", conta Froes sobre o disco, que deve sair neste mês. "Mas ele acabou fazendo o CD com regravações de Raul Seixas, em 2001 e, depois, os CDs homenageando Luiz Gonzaga, Bob Dylan e Jackson do Pandeiro." Para ele, o momento é apropriado. "Finalmente chegou a hora. Temos dez canções do repertório dos Beatles e mais seis faixas que são tratadas como bônus, pois são do repertório solo dos músicos."