RÁPIDAS COM... Eddie Vedder

Líder do Pearl Jam fala de disco em que toca ukulele e dos 20 anos da banda

Por Brian Hiatt Publicado em 11/07/2011, às 12h41

Eddie Vedder
DIVULGAÇÃO

Álbum solo

"Essa coisa de ukulele começou como um exercício de composição que eu achava que manteria só para mim mesmo. Venho meio que juntando músicas nos últimos dez anos, e foi só com as últimas que pensei em talvez colocar tudo em um álbum. Não é bem meu álbum solo - é o álbum solo do uke. Eu só estava lá para guiá-lo."

Ukulele

"Queria apenas que fosse o único som. No começo era meio uma piada, e então se tornou um tanto desafiador, um quebra-cabeças ver se eu era capaz de criar 11 ou 12 músicas usando só um ukulele. É como pintar usando uma cor só. Você consegue realmente apreciar as sutilezas e mudanças de tom."

Fazer shows sozinho

"Isso é algo que faz com que você realmente aprecie fazer parte de um grupo e conseguir andar por conta própria de vez em quando. Tocar com a banda é como estar em uma festa e falar bem alto - os shows solo são como quando você acha um canto sossegado para ter uma conversa mais profunda."

Nostalgia dos anos 90

"Sinto que temos de ficar de olho na estrada. Ser nostálgico é como pegar um desvio e parar para um sanduíche - e aí você volta para a estrada. Não quero passar o resto da minha vida parado no posto de gasolina."

O gosto musical dos filhos

"É incrível como eles percebem, tipo, 'essa é a versão ao vivo?' Conseguimos mantê-los longe do pop da Disney, mas há uma outra artista que eles adoram de verdade. Tudo o que posso dizer é que é engraçadíssimo ver uma criança de 2 anos cantando, 'Let's go all the way tonight/No regrets, just love' ['Vamos até o fim esta noite/ Sem arrependimentos, só amor', versos da música "Teenage Dream" de Katy Perry]." [risos]