Pulse

Gui Boratto

Dos jingles para as pistas

Erika Brandão Publicado em 01/03/2007, às 00h00 - Atualizado em 29/08/2007, às 19h18

Boratto conquista o mundo
João Wainer/Divulgação

Chegou a hora do produtor Gui Boratto brilhar no exterior. O arquiteto entrou no mundo da música pela porta da publicidade em 1993, criando trilhas, spots e jingles. Nos dez anos seguintes, montou estúdios em São Paulo e em São Francisco; trabalhou com Patricia Coelho no projeto eletrônico Sect e com Ramilson Maia no Kaleidoscópio; remixou gente como Pato Banton, Garth Brooks, Desiree, Manu Chao, Gal Costa, Chico Buarque e criou o selo Megamusic.

Mas foi só em 2005 que ele começou a aparecer no mercado internacional, quando lançou faixas por selos de música eletrônica. E sua estrela brilhou quando, durante uma apresentação do canadense Richie Hawtin, percebeu que suas produções tinham a ver com aquele estilo minimal que ouvia. Foi quando resolveu mandar uma faixa para Michael Mayer, o dono do selo alemão Kompakt. "Mandei na cara-de-pau mesmo, um CD com 'Arquipélago' e 'Simetria'. O Michael me respondeu dizendo que tinha amado as duas músicas e que queria lançá-las em seu novo selo, o K2. O single foi lançado em setembro e já vendeu 10 mil cópias", conta. "Arquipélago" foi parar no case de DJs do mundo todo, de Phonique a DJ Hell, de Michael Mayer a Hernan Cattaneo, de Sasha a Richie Hawtin. "Infelizmente, antes de os gringos tocarem, nenhum brasileiro a tocava", lamenta.

Boratto lançou outros singles em 2006: "Sozinho", pelo selo K2/Kompakt, "Beluga", pelo Audiomatique, "Like You", pelo Kompakt Pop, "It's Majik", pelo Plastic City, "Rising Evil", pelo Speicher, "Division", pelo Harthouse, e "Gate 7", também pelo K2/Kompakt. O DJ se apresenta somente ao vivo, com repertório 100% próprio: "Uso um laptop, uma interface de áudio e midi, um 'Nordlead', pedais de distorção, um controler alemão Faderfox, outro 'hand-made' chamado Monome, além de um Nintendo DS".

Turnês na Europa, já fez três nos últimos meses. "A próxima começa dia 15 de março." E, para completar, acabou de lançar o primeiro disco, Chromophobia, pelo selo Kompakt. "A festa de lançamento do disco acontece no [clube paulistano] D-Edge, com transmissão ao vivo pela internet. A galera do outro lado do mundo vai poder conferir meu novo live, ao vivo", comemora.