Para a Posteridade

Inventores do ska, Skatalites grava DVD durante passagem pelo Brasil

Douglas Vieira Publicado em 01/06/2007, às 00h00 - Atualizado em 10/08/2007, às 17h58

O Skatalites fez três shows com lotação esgotada em São Paulo
Divulgação

Com mais de quatro décadas de serviços prestados à música , a orquestra jamaicana Skatalites fez três apresentações no Brasil que não ficarão só na memória de quem as assistiu. O primeiro show, realizado em 16 de maio, no Sesc Pompéia (SP), foi registrado em DVD e tem lançamento previsto para outubro, pelo selo Radiola Records, de Bruno "Kaskata" Lancellotti, também organizador dos shows.

A gravação será uma forma de eternizar o momento histórico de ver a banda que criou a base de tudo que foi feito na Jamaica a partir dos anos 60, tendo inventado o ska, de onde derivou o rock steady, o dub, o reggae, o ragga, e inclusive o rap, entre tantos ritmos que derivam das experimentações de músicos que hoje passam dos 70 anos de vida.

"As pessoas se divertiram muito, como costuma ser quando os Skatalites tocam. Os brasileiros esperaram muito tempo para nos ver e eu agradeço por ainda ser capaz de tocar e excursionar ao redor do mundo e ainda conhecer um lugar novo, em que eu nunca tinha tocado, como o Brasil. Foi uma bênção", disse o saxofonista Lester "Ska" Sterling, de 71 anos, que revelou ser um apreciador da música brasileira. "Gosto de 'Desafinado', bossa nova, Tom Jobim. Gosto de ouvir quando estou descansando."

A formação atual do Skatalites conta com mais dois integrantes da formação clássica, o baterista Lloyd Knibb e a cantora Doreen Schaffer. Porém, os "novos" integrantes são outros veteranos da ilha, que já tocaram em grupos lendários, como os Upsetters (de Lee "Scratch" Perry). "O som pode ter algo ligeiramente diferente com novos integrantes, mas a fundação está aqui ainda, comigo, Knibb e Cannonball. E essa formação já toca junto há bastante tempo, então estamos muito bem", explica Sterling.

E, para provar que a criatividade continua, nada melhor do que um disco de inéditas. "Acabamos de lançar um CD com 11 músicas novas, On the Right Track. Está disponível na Europa e nos EUA e estamos trabalhando para licenciar nos países sul-americanos em breve", antecipa o saxofonista.