Pulse

Explorando o Lado B

Após pausa na música, Marjorie Estiano volta com composições próprias

Luísa Jubilut Publicado em 11/12/2014, às 15h20 - Atualizado às 15h28

Comunicadora
Marjorie sentia a necessidade de se expressar nas músicas.

Marjorie Estiano precisou descobrir qual discurso e qual sonoridade queria apresentar ao público em seu retorno à música, depois de sete anos sem lançar um disco. Vista recentemente na

TV como a vilã Cora, na primeira fase da novela Império, da Globo, a cantora e atriz realizou uma busca intensa para construir o álbum Oito. “Esse laboratório se dividiu com a televisão e o teatro”, ela relembra. “Foi um processo de aprendizado muito grande. Tanto pelo lado artístico quanto administrativo.” O momento de escolher entre palcos e telas, contudo, não vai chegar. Marjorie vê o sofrimento de abrir mão de atuar em uma peça para poder fazer shows como um “doce problema”.

“Eu gosto de me expressar tanto como atriz como cantora, e me reconheço nessas vertentes.” As 11 faixas de Oito, foram escritas pela própria Marjorie. “Foi um passo muito importante

me expressar como compositora”, diz. “É como se eu enxergasse um novo horizonte, um novo caminho que devo percorrer.”