Pulse

Uma visao peculiar

Vinho barato é bom e Coldplay é ruim, segundo o novo álbum de Kid Rock

Patrick Doyle| Tradução: J.M. Trevisan Publicado em 12/12/2014, às 10h55 - Atualizado às 10h55

Veia Folk
Kid Rock brinca com o country.
Clay Patrick McBride

“Não sou um cara cool”, diz Kid Rock. “Não entendo essa porra de Coachella ou a internet ou esses jeans skinny.” Isso fica bem claro na nova música dele, “Good

Times and Cheap Wine”, que ataca desde o Twitter até o Coldplay, em favor de se embebedar ouvindo o bom e velho rock and roll. É um dos pontos altos

do novo álbum de Rock, First Kiss, previsto para fevereiro. Ele mesmo qualifica Rebel Soul (2012), seu último LP, como um “disco ruim”. “Por isso há mais pressão neste”, afirma. Os melhores momentos do álbum surgem quando Rock explora o lado country dele – “Jesus and Bocephus” é umas das músicas mais bizarras do álbum, com Rock fazendo um tributo a Hank Williams Jr., usando nada além de um órgão como base; “A Beer with Dad” é uma balada emocionante sobre o envelhecimento; e “Johnny Cash” homenageia o longo casamento do Homem de Preto com June Carter Cash. “Em breve, em um casamento perto de você”, brinca Rock.