Pulse

O Deus da Guitarra Fala

Ainda no Cream, Eric Clapton dava sua primeira entrevista à Rolling Stone

Redação Publicado em 20/03/2015, às 16h31 - Atualizado às 16h42

Eric Clapton
Linda Eastman

No dia 30 de março, o guitarrista Eric Clapton completa 70 anos. Nascido em Surrey, Inglaterra, Clapton despontou como herói da guitarra em meados da década de 1960, no grupo Yardbirds. Depois de uma passagem breve, mas brilhante, pelo Bluesbreakers, banda de John Mayall, ele formou em 1966 o supergrupo Cream ao lado do baixista Jack Bruce e do baterista Ginger Baker. Na primeira vez em que Clapton apareceu na capa da Rolling Stone, o Cream era uma das maiores bandas do mundo, ainda que pouco tempo depois os integrantes fossem anunciar a separação. Na conversa com o crítico Jon Landau, o músico detalhou as infl uências que teve, falou de suas guitarras favoritas e descreveu como via a cena do rock inglês. Clapton aproveitou também para explicar por que havia se distanciado do blues puro ao abraçar a causa psicodélica do Cream. “O músico de blues é um fanático”, sentenciou. “Musicalmente, eu tenho muito mais dentro de mim – não acho que represento mais aquele estilo.” Ele ainda se divertia com as pichações em Londres com a inscrição “Clapton é Deus”. “Quando entrei para o Bluesbreakers, eu me tornei uma espécie de ‘modinha’”, afi rmou. “Não sei quem foi o maluco que começou a escrever essa frase nos muros. Achei tudo muito estranho, mas também muito engraçado.”