Pulse

Empire, a Fábrica de Hits

Conheça Jim Beanz, o “super-herói do multitasking” por trás das músicas da série

Mark Yarm l Tradução: Ana Ban (Empire) Publicado em 17/04/2015, às 18h36 - Atualizado em 08/07/2015, às 17h15

Afinados
O elenco de Empire, que canta as faixas criadas por Jim Beanz (no detalhe)
Michael Lavine/FOX/Divulgação

Uma das maiores razões para o sucesso monstruoso de Empire, série da Fox sobre hip-hop, são as músicas originais. Elas são supervisionadas por Timbaland, mas a maior parte é criada por um pupilo dele, Jim Beanz, de 35 anos. O mentor classifica Beanz como um “super-herói do multitasking”.

O músico geralmente tem um dia para compor e gravar cada faixa do programa, com base em informações sobre o enredo concedidas pelos produtores da série. E ele não se contenta em criar apenas similares de hits que já estão Top 40: Beanz quer inovação. “Tim me disse: ‘Se parecer com algo que você ouviu antes, não faça’”, explica Beanz. Ao terminar uma demo, ele manda a faixa para Timbaland, que dá pitacos. Depois que a música é aprovada pela Fox e pela equipe criativa, Beanz vai para Chicago, onde Empireé gravada, para registrar

os vocais do elenco. E, como se já não bastasse, Beanz também interpreta o rapper Titan no programa. “Nunca na minha carreira estive tão estressado”, diz ele, que trabalhou com Timbaland no álbum Loose, de Nelly Furtado, em 2006, dando início a uma parceria que nunca mais parou.

Lee Daniels, um dos criadores deEmpire, aponta que veremos grandes mudanças na segunda temporada. “Para ser um império, a série precisa estar em um mundo maior do que apenas o do hip-hop”, afirma. Daniels acredita que Lucious Lyon, o dono de gravadora interpretado por Terrence Howard, “deveria ter cantores de country e de rock”. Apesar de Daniels achar que a série precisará contratar novos compositores para a tarefa, Beanz afirma que suas habilidades vão além do hip-hop e do R&B: “Sou absolutamente capaz e estou pronto para fazer qualquer coisa que jogarem nas minhas mãos”.