O Rei de Las Vegas

De maneira triunfal, Elvis Presley voltava a fazer shows

Redação Publicado em 12/05/2015, às 15h46 - Atualizado em 13/05/2015, às 17h02

Elvis na cidade das luzes
Divulgação

O jornalista David Dalton compareceu ao retorno de Elvis Presley os palcos em agosto de 1970, em Las Vegas. “Muitos acharam que Vegas foi uma escolha ruim, mas basta olhar para as fotos de divulgação para perceber que o glamour da cidade de luzes no deserto era o único lugar possível para o cantor sair da hibernação”, escreveu sobre a temporada do Rei no International Hotel. “Os olhos penetrantes, a boca demonstrando certo desdém e o cabelo negro com tons azulados são qualidades sobrenaturais e o astro as demonstrou no palco do International. Foi uma verdadeira ressurreição.” Dalton, em seguida, descreveu a interação de Elvis com o público e também destrinchou o repertório, que teve velhos clássicos do cantor, como “Blue Suede Shoes”, “Love Me Tender” e “All Shook Up”, covers de blues, entre eles “Baby What You Want Me to Do” (Jimmy Reed), e novidades, a exemplo de “Suspicious Minds”, que na época chegava ao primeiro posto da parada norte-americana.