Todas as vozes da rainha

Ao longo de 50 anos de carreira, Maria Bethânia registrou álbuns de intenso ecletismo

Mauro Ferreira Publicado em 17/06/2016, às 12h34 - Atualizado às 12h44

Todas as vozes da rainha

Ver Galeria
(16 imagens)

"Eu minto, mas minha voz não mente”, sentenciou Maria Bethânia no verso de “Drama”, música de Caetano Veloso que deu título ao álbum lançado pela cantora baiana em 1972. Diamante lapidado ao longo de 50 anos de carreira fonográfica, a voz dramática de Bethânia é o fio condutor de uma discografia que completa cinco décadas sem sair dos trilhos. Entre trabalhos de estúdio e registros ao vivo de shows teatrais, o corpo da obra da artista é pautado pela coerência. São 51 álbuns lançados entre 1965 e 2014. Em todos, o tom predominante é o ditado pela intérprete, alheia a modismos da música brasileira e sempre ao lado de produtores que formatam seus trabalhos sob as convicções e conceitos dela. A verdade de Maria Bethânia é o elo entre seus álbuns, parte deles apresentada nesta discografia selecionada.