Pulse

Volta Nostálgica

Sucesso nas quadras de basquete nos anos 1970, PRO-Keds é relançado no Brasil

Tamara Emy Publicado em 16/03/2017, às 16h40 - Atualizado às 16h51

Dois Universos
Nate Archibald, camisa 10 do Kansas City-Omaha Kings, usando um PRO-Keds em 1972.

Ver Galeria
(5 imagens)

O contorno clássico e as duas faixas na lateral da sola são a marca registrada de um ícone que chega ao Brasil em março. A marca de tênis Keds, conhecida por aqui principalmente pelos modelos femininos, traz de volta o masculino PRO-Keds, “primeiro sneaker clássico dos nova-iorquinos dentro e fora das quadras”, segundo descreveu Bobbito Garcia, figura respeitada no universo da cultura sneaker e do hip-hop. Além de terem caído no gosto de campeões do basquete do começo dos anos 1970 – caso de Nate Archibald, Pete Maravich e Kareem Abdul Jabbar, recentemente condecorado por Barack Obama com a Medalha da Liberdade –, modelos Keds foram vistos nos pés dos Ramones (na capa do primeiro disco da carreira, homônimo, de 1976), de Thurston Moore (Sonic Youth) e do rapper Notorious B.I.G, em uma foto antiga de infância. Em 1994, a união de B.I.G, Craig Mack, Rampage, LL Cool J e Busta Rhymes rendeu a faixa “Flava in Ya Ear (Remix)”, que tem o verso “Eu sou eterno, como a parte da frente do PRO-Keds”. Em 2012, a canção ficou na 27ª posição entre as 50 melhores músicas da história do rap em uma lista compilada pela Rolling Stone EUA.

Vintage revisitado

Peças clássicas da Fila ganham versões contemporâneas em parceria com a Haight

A marca italiana Fila une suas linhas vintage à grife brasileira Haight, da estilista Marcella Franklin, rementendo a peças dos anos 1970 e 1980. Em parceria, foram criados oito modelos de body e maiôs que podem ser usados tanto no dia a dia quanto na água (há opções de peças em tricô e em poliamida, com versões dupla face). O conhecido logo da Fila é explorado, assim como as cores vermelho e azul.

De R$ 286 a R$ 478

www.fila.com.br/haight